fbpx

Como montar uma estratégia de Thought Leadership de sucesso

O que é Thought Leadership? É uma estratégia de comunicação exercida com recurso ao posicionamento de executivos ou grupos de executivos através da partilha do seu Know-how e experiência numa área de atividade. 
 
Neste sentido é necessário enaltecer as capacidades de um Thought Leader, ou em português líder de opinião. Pois é a capacidade destes que cria uma boa estratégia de comunicação, através das ferramentas bases. 
 
O Artigo de Opinião, a ferramenta base para Though Leadership 
Um artigo de opinião expressa uma tomada de posição em relação a um determinado assunto, que, por norma, é um tema atual. Mas é essencial saber construir um bom artigo de opinião. Sendo que o líder de opinião é uma autoridade na sua área, a divulgação da sua opinião é uma mais valia para a área. 
Um artigo de opinião existe quando há uma tomada de posição sobre um determinado assunto. Este artigo, de cariz argumentativo, expõe o conhecimento do autor sobre um determinado tema. 

Podemos retirar daqui a ligação que um artigo de opinião tem com Thought Leadership, uma figura proeminente da qual a opinião e conhecimentos são valiosos. 

Como se escreve um bom Artigo de Opinião?

Para se escrever um bom artigo de opinião, é necessário começar por escolher um bom tema, um tema cativante e principalmente um tema do qual temos um bom conhecimento sobre. Depois de escolhido o tema, é preciso estruturar a texto, esta estruturação é feita em três partes; a introdução, o desenvolvimento e a conclusão. 
Na introdução é necessário apresentar o tema, em que estado está, como está, quem nele trabalha, o que é. 

No desenvolvimento é onde o tema é exposto e explicado, aprofundando aqui o que sabe sobre ele, é aqui que se encontra o miolo do texto. 

A conclusão serve para finalizar o texto, uma oportunidade final para exercer a opinião sobre o assunto e justificar o porquê a partir das conclusões tiradas pelo texto. 
 
Para saber mais como escrever bem um artigo de opinião, sugerimos a leitura do seguinte blog post: https://doiton.agency/como-escrever-um-artigo-de-opiniao/

Porém, nem só de artigos de opinião se compõe uma estratégia de Thought Leadership. Existem outras táticas que podem e devem ser usadas para construir uma estratégia de liderança de opinião eficaz.

  • Responder Bem e Rápido
    Outra ferramenta ao dispor de um líder de opinião ou marca é a rapid response. Numa esfera onde a influência dos media é forte e as pessoas procuram neles uma fonte de informação credível. Quando surge uma situação de crise dificilmente se controla os meios de comunicação e por vezes, falsa informação pode começar a circular, é nestes casos que o líder de opinião tem que dar uma resposta rápida a estes problemas. Aqui vale novamente o conhecimento que este deve ter sobre uma área temática ou enquadramento de mercado.  

    Relembrando que as pessoas procuram nos meios a sua fonte de informação e, mesmo que difícil de controlar, estas mesmas terão mais facilidade em acreditar e cimentar as suas opiniões com base em quem sabe sobre a área. 

    No entanto, não precisa existir um problema para ser necessário uma rapid response, pois pode apenas surgir uma oportunidade de posicionamento de marca e, o seu aproveitamento pode depender de uma rápida resposta ao desafio que surge, evocando técnicas de Thought Leadership
  • Entrevistas
    A entrevista, é a seguir ao artigo de opinião, o meio de excelência numa estratégia de Thought Leadership. Aqui o líder de opinião é posto à prova e tem de mostrar em ambiente de perguntas e respostas, com um elemento fora do seu círculo natural de trabalho (o jornalista), o seu conhecimento e expor de forma clara e sintetizada a mensagem que e pretendido veicular. 

    É importante que para uma entrevista, o líder de opinião, procure estar bem preparado a nível de conhecimento do tema em entrevista, como também na forma como explanar a mensagem, para tal deve ser alvo de media training.
  • Podcast 
    Um podcast é uma plataforma digital que permite aos seus utilizadores partilharem as suas opiniões, através do meio áudio e que também pode ser efetuado por vídeo (videocast). O podcast é uma excelente plataforma para criar uma relação mais próxima através da conversa e da partilha de opinião. 
  • Blogging
    O blogging permite ao líder de opinião partilhar as suas opiniões de forma explanatória. A diferença entre o blogging e o podcast é a proximidade com o leitor. 

    Os blogs e os bloggers são, normalmente mais descritivos e específicos no seu conteúdo, existindo assim uma especialização de mercado. O líder de opinião pode então expor o seu conhecimento sobre uma área mais especifica. Por norma os leitores fazem comentários ao conteúdo, criando assim uma ligação próxima ao líder de opinião e vice-versa.
  • Microblogging 
    Quando falamos de microblogging, falamos de redes sociais como é o caso do Twitter ou o LinkedIn. Aqui, o líder de opinião pode criar uma relação mais próxima com as pessoas. O líder de opinião pode utilizar estas plataformas de forma a tecer uma estratégia de comunicação mais realista e ligada as pessoas. 
  • Mesas Redondas
    As mesas redondas procuram juntar diversos líderes de opinião para falarem sobre uma área ou tema que lhes é comum a todos, de forma a partilhar conhecimento e debater diferentes pontos de vista. 
  • Participação em Eventos 
    A participação em eventos por parte dos líderes de opiniões é uma forma que estes têm de tomar o pulso à comunicação que fazem e perceber se a mensagem que têm propagado está a ser corretamente acolhida por parte dos seus públicos-alvo. 

    É também uma oportunidade que os líderes de opinião têm para validar os seus pontos de vista com outros pares. 

Saber Escolher as “Batalhas” 

É necessário saber como gerir a presença mediática, saber quando, como e com que regularidade. Para isso é importante a marca, bem como o seu líder de opinião, ou grupo de líderes terem bem definidos quais os canais e meios de comunicação estratégicos para transmitir a sua mensagem. Estes meios podem ser generalistas, especializados ou verticais. 

De todas as técnicas apresentadas, algumas dependem totalmente da marca ou do líder de opinião, como é o caso dos artigos de opinião, podcasts, artigos de blog, microblog, eventos próprios. Neste sentido, é possível às marcas criar um plano editorial programado para a redação de conteúdos temáticos que demonstrem o conhecimento e integrem a planificação mais abrangente e completa de comunicação das marcas, potenciando de forma positiva a marca e o líder de opinião. 

Deixe um comentário

Vamos conversar
1
Fale connosco
Olá 👋
Como podemos ajudar?