fbpx

Sabe o que é um TLD?

Se a sua empresa tem um site, você tem um TLD. Porém sabe o que isso significa? Sendo ou não um entendedor do assunto, vale a pena ler mais sobre o que é e qual a sua importância para a presença digital da sua marca.  

Top-level domain (ou TLD) ou, em português, domínio de nível superior corresponde ao último segmento do link do seu website. Um endereço divide-se, geralmente, em três níveis distintos, sendo o TLD aquele que se encontra mais à direita na barra de pesquisa. Precedem-no o sub-domínio, que aparece em primeiro lugar e o second-level domain ou nome de domínio que se encontra no meio dos outros dois. Os diferentes níveis distinguem-se por meio de um ponto. Para facilitar a compreensão, imagine-se o seguinte endereço: «blog.nomedamarca.com». Neste caso, “blog” corresponderia ao sub-domínio, “nomedamarca” seria o nome de domínio e, por fim, o TLD que, neste caso é “.com”, e sobre o qual incide este artigo.  

Um TLD é, no fundo, um indicador da natureza e propósito do site. O (ICANN) é a organização que coordena e gere a atribuição de TLDs, tendo em conta factores como a localização geográfica, os diferentes tipos de TLD que existem. O ICANN classifica os mesmos com base em 4 categorias: 

  1. O Top-level Domain Genérico (gTLD), do qual fazem parte os tipos de TLD mais comuns, de que são exemplo: 
    1. .com”, indicador de um site com fins comerciais;
    2. .org”, correspondente a sites associados a organizações;
    3. .net” para redes; “.info” para sites informativos, entre muitos outros.  

Os gTLD têm, por norma, mais do que 2 letras e podem ser registados por qualquer pessoa em qualquer lugar. 

  1. O Top-level Domain Patrocinado (sTLD), que se constituem enquanto domínios genéricos, com a única diferença de que são atribuídos a organizações privadas que têm de se sujeitar ao cumprimento de certas regras ou requisitos. São exemplos deste tipo de sTLD:
    1.  “.gov”, destinado a sites governamentais; 
    2. .edu”, para instituições educacionais;
    3. .tel” para serviços de comunicações, entre outros.   
  1. O Top-level Domain de Código de País (ccTLD), que, tal como no nome indica, representa a área geográfica à qual diz respeito o website. O ccTLD de Portugal é “.pt”. Este muda conforme o país de actuação. O ccTLD do Brasil é “.com.br”; o holandês é “.nl”; e por aí fora.  
  1. Address and Routing Paramenter Area (ARPA), a primeira e única infraestrutura de Top-Level Domain útil à resolução de problemas técnicos.  

O TLD é, na sua essência, uma informação que quando definida adequadamente pode ser muito útil ao seu website, na medida em que oferece aos seus visitantes um breve resumo do seu propósito. Desde 2014, a ICAAN lançou mais de 2000 novas extensões de domínios que abrangem áreas desde a ciência e indústrias, aos hobbies e ramos da tecnologia.

Até hoje, o domínio de nível superior mais valorizado é “.com” pela seu amplo reconhecimento por parte dos cibernautas.  

No caso da Do It On, decidimos usar um domínio que nos agrega de imediato à nossa área de atuação, as agências de comunicação e marketing digital, ao adotarmos o .agency.

Deixe um comentário