fbpx

Publicidade vs. Propaganda vs. Relações Públicas

Sempre que se começa uma conversa sobre comunicação, não são poucas as vezes em que se houve uma profusão de termos que se confundem entre si, criando confusão no discurso dos interlocutores.

Daí até querermos clarificar alguns conceitos básicos da área de marketing e comunicação foi um saltinho! Sabemos que a Publicidade, Propaganda e Relações Públicas são áreas estratégicas e diferenciadas de comunicação, as quais merecem um olhar detalhado e especializado, usando cada uma delas um conjunto de ferramentas e ações próprias.

Por forma a que todos entendamos o que é cada um destes conceitos significa, decidimos criar este post.

Publicidade, o que é e como se define?

A Publicidade tem por objetivo dar a conhecer um produto ou um serviço, estimulando o interesse por ele. É a uma forma de comunicação paga, feita por indivíduos, empresas ou organizações através de diversos meios, com o objetivo de promover vendas ou divulgar ideias, identificando-se publicamente como autores dessa comunicação.

O que também caracteriza o anúncio publicitário são as etapas que ele segue, através de um plano de comunicação para alcançar um fim. Com as iniciais AIDA ou AIDMA, que significa Atenção, Interesse, Desejo, Memorização e Ação. Assim é possível dizer que grande parte dos anúncios publicitários pretendem: chamar a atenção; despertar o interesse para o que está anunciado, memorizar a publicidade, criar desejo e levar à ação.

Tipos de publicidade

No que toca à entidade que a promove, a publicidade pode ser classificada em vários tipos: comunicação privada, comunicação coletiva, comunicação associativa e comunicação comunitária:

Comunicação Privada: É o tipo mais frequente e normal de publicidade, feita por um anunciante a favor dos seus produtos ou serviços.

Comunicação Coletiva: Verifica-se quando diversos anunciantes do mesmo produto, afastando momentaneamente a concorrência interprofissional, utilizam em comum uma mesma campanha em seu benefício. Normalmente, mais utlizadas para criar ou intensificar um hábito de consumo.

Comunicação Associativa: Dá-se quando a mesma campanha é feita por diversos anunciantes de produtos diferentes, porém estas têm uma característica em comum que é a localização.

Comunicação Comunitária: Designa-se assim quando a campanha é conduzida com um objetivo de comunicação social, ou de interesse geral. Como por exemplo, campanhas contra o alcoolismo.

O que é importante retirar daqui?

É importante, não perder de vista que a publicidade não procura somente incentivar vendas, podendo também servir, como divulgar uma ideia ou campanhas de incentivos sociais.

Propaganda, o que é e como se define?

Propaganda é a técnica de comunicação que visa promover a adesão do indivíduo a um dado sistema ideológico, de carácter político, religioso, social ou económico. Se existe uma frase que pode definir propaganda é “O fim justifica os meios”, porque nesta técnica quase tudo é permitido, não estando sujeita a quase nenhuns parâmetros, códigos de ética ou leis próprias, a não ser as do Código Penal Vigente.

Tipos de Propaganda

Existem maneiras diferentes de classificar os tipos de propaganda, para além da divisão por setores (religioso, político, comercial, entre outros). Assim fala-se de propaganda Horizontal ou Vertical, isto varia de acordo com a posição do recetor e do emissor.

De acordo com o modo de difusão de informação outros nomes são dados aos tipos de propaganda, na Europa temos a propaganda aberta e a oculta. Já os americanos designam as mesmas por propaganda negra e branca.

Atualmente, este tipo de comunicação divide-se em três:

  • Propaganda de competição;
  • Propaganda de integração;
  • Propaganda de subversão.

Propaganda de competição: É o tipo de propaganda utilizado nas campanhas eleitorais e o que tem mais afinidades com a publicidade. Este, visa a obter boas competências de comunicação. Normalmente, é realizada num curto período de tempo e com um objetivo limitado.

Propaganda de Integração: Tem um objetivo mais amplo que a anterior e uma função de manutenção para uma dada ideia ou ideologia, não tendo de se preocupar muito com a concorrência.

Propaganda de subversão: Difusora de valores, conhecimentos, ideias e costumes hostis aos da sociedade existente.

Relações Públicas, o que é e como se define?

Uma definição simples e eficaz é: o conjunto de atividades destinadas a estabelecer e manter um clima favorável, uma boa relação pública entre uma entidade, pública ou privada, e os seus diferentes públicos.

Estas técnicas são ideias para estabelecer o diálogo entre uma organização e seus públicos. O objetivo fundamental é a humanização interna e externa da organização. Neste tipo de comunicação, a ferramentas e ações meios mais utilizados são os comunicados de imprensa, artigos de opinião, encontros mediáticos, conferências de imprensa e a comunicação através das redes sociais.

Tipos de Relações Públicas

As Relações Públicas podem ser divididas em dois tipos: internas e externas.

Internas: também denominadas de relações humanas na empresa, ou comunicação interna, funcionam como elo de ligação entre a administração e o pessoal, visando uma boa comunicação interna e a criação de um ambiente de trabalho saudável.

Externas: Visam construir uma boa relação entre o público externo (consumidores, fornecedores, entre outros) e a empresa. Tudo que diga respeito à projeção da imagem da marca pra o exterior.

Principal Diferença entre Publicidade, Propaganda vs Relações Públicas:

A Publicidade, usa técnicas de multimédia para promover produtos, serviços, entre outros, sendo que, todos estes meios são formatados para persuadir o público a desejar os seus produtos. Esta, é a comunicação utilizada para anunciar produtos ou serviços com o objetivo de atrair compradores e utilizadores.

A propaganda, não diverge muito da publicidade na medida em que, utiliza os mesmos formatos de multimédia para espalhar a mensagem.

Todavia, ao contrário da publicidade, a propaganda é usada para mudar atitudes do público em relação a uma determinada pessoa ou assunto. Por sua vez, esta não está ligada ao comércio, mas sim a questões políticas, ideológicas e religiosas.

As Relações Públicas podem ser chamadas de comunicação comercial não paga obtida pela empresa através da boa vontade, do boca a boca, entre outros, que visa fazer uma boa gestão de redes de parceiros, stakeholders e clientes. Estes, fazem a ponte entre o consumidor e a empresa, ou entre os colaboradores da empresa.

Propaganda, Relações Públicas e a Publicidade usam os canais de comunicação para informar e influenciar o público em geral. As Relações Públicas são livres de aprovação implícita e acompanhamento junto com a validação do terceiro. Já a Publicidade usa os meios possíveis para atrair, criar desejo, criar interesse e criar a ação de compra do serviço ou produto. A Propaganda é uma ferramenta altamente insidiosa, porque pretende atingir um grande número de pessoas ao mesmo tempo mudando a sua perceção de valores e interesses pessoais e comuns. 

Deixe um comentário