fbpx

Como proteger a sua voz?

Quantas vezes tentou e não conseguiu passar uma mensagem por estar a sofrer de rouquidão ou mesmo por estar afónico/a? Parece que a voz não está a cooperar e a apoiar, não permitindo vocalizar uma comunicação mais simples, clara e direta.

A voz, som produzido na laringe através da vibração das cordas vocais, para além de necessária no dia a dia, é de extrema importância na comunicação pois é o meio através do qual conseguimos partilhar aquilo que pensamos e no que acreditamos, bem como qualquer outra informação que nos interesse, convenha e/ou apeteça. Ou seja, a voz é a principal ferramenta de comunicação interpessoal.

Desta forma é necessário ter cuidados a manter esta “ferramenta” de comunicação. Muitos profissionais, principalmente na área da comunicação utilizam-na como principal instrumento de trabalho. Sejam apresentadores de programas de rádio, pivôs num jornal de notícias, executivos, operadores de telemarketing ou até mesmo relações públicas, entre vários outros exemplos. Quem utiliza a voz como ferramenta de trabalho deve tomar conta dela, pois o seu mau uso pode levar a problemas de saúde bastante sérios.

Assim é extremamente importante preservar e prevenir o aparecimento de sintomas como rouquidão, alteração de voz, cansaço vocal, ardor e/ou dor na garganta e até mesmo dificuldade em engolir e/ou respirar pois estas ‘pequenas’ diferenças podem realmente ter um fim catastrófico.

De seguida mostramos que situações podem prejudicar a sua voz e que cuidados deve ter para a proteger.

Situações que podem prejudicar a voz:

  • Falar excessivamente;
  • Falar diariamente;
  • Falar alto e rápido;
  • Gritar;
  • Pigarrear;
  • Utilizar um tom muito agudo ou muito grave;
  • Cantar sem preparação técnica adequada;
  • Fumar;
  • Frequentar locais que façam uso de ar-condicionado;
  • Poeiras;
  • Alergias respiratórias;
  • Stress;
  • Ruído competitivo;
  • Predisposição genética propícia ao aparecimento de patologias laríngeas.

O que fazer para manter a sua voz saudável?

  • Evitar bebidas frias;
  • Não se automedique;
  • Mantenha uma alimentação saudável (rica em frutas e proteínas);
  • Evite alimentos picantes, álcool e produtos com cafeína;
  • Aqueça a voz;
  • Durma bem;
  • Beba bastante água em temperatura ambiente;
  • Evite roupas apertadas na zona do pescoço e cintura;
  • Evite gritar e/ou dar gargalhadas exageradas;
  • Atenção à forma como fala (deve ser de forma suave, articulada e pausada);
  • Atenção à postura;
  • Repouse a voz;

Se notar alguma diferença na sua voz, independentemente de a utilizar como principal meio de trabalho ou não, deve tomar medidas como as mencionadas anteriormente. Se os sintomas persistirem procure acompanhamento médico! Especialidades como otorrinolaringologia são de grande importância para prevenir e/ou remediar problemas relacionados com a voz.

Deixe um comentário

Vamos conversar
1
Fale connosco
Olá 👋
Como podemos ajudar?