fbpx

Youtube Altera as regras do jogo a pensar nos mais novos

O youtube efetua alterações na sua plataforma e afeta a rentabilidade e conteúdo publicados.

A partir de agora, sempre que colocar um conteúdo no YouTube, terá a obrigação de indicar se o mesmo é destinado a crianças. Estas alterações são obrigatórias devido à criação de um acordo com a Federal Trade Commission (FTC) dos EUA e a Procuradoria-Geral de Nova Iorque, e irão ajudar a cumprir a Lei de Proteção à Privacidade da Criança na Internet (COPPA).

Estas novas alterações podem levar algum tempo à habituação, contudo são um passo bastante importante para assegurar a conformidade com a lei.

Conheça melhor as suas obrigações legais e o impacto que isto poderá ter no seu canal:

Novas mudanças

Para além de passar a ser obrigatório, a partir de hoje, indicar se o conteúdo é destinado a crianças, a partir do mês de janeiro, o YouTube vai limitar os conteúdos criados para este público, de forma a agir de acordo com a lei.

O que significa isto? Que todos os anúncios personalizados neste tipo de conteúdo serão desativados, bem como determinadas funcionalidades como é o exemplo de notificações e comentários.

Veja a lista completa de funcionalidade afetadas aqui

O porquê desta mudança

Como já referido, estas alterações são obrigatórias ao abrigo de um acordo com a Federal Trade Commission (FTC) dos EUA e a Procuradoria-Geral de Nova Iorque, e irão ajudar a cumprir a Lei de Proteção à Privacidade da Criança na Internet (COPPA) e/ou outras leis aplicáveis.

Se não definir o conteúdo ou se for detetado erros ou abusos, o youtube tem permissão para definir o seu público por si. Se não definir o conteúdo com precisão, pode ter problemas de conformidade com a FTC ou outras autoridades, e poderão ser tomadas medidas a respeito da sua conta do YouTube.

Afinal, o que é isto do conteúdo “criado para crianças”?

De acordo com as orientações da FTC relativas à COPPA, aquilo que chamamos de “criado para crianças” é:

  • Conteúdo dirigido para crianças como público alvo (exemplo, vídeos para crianças em idade pré-escolar)
  • Conteúdo dirigido para crianças, mas as crianças são o público secundário (exemplo, vídeos de desenhos animados que segmenta adolescentes, mas que também é dirigido a crianças mais novas)

Saiba mais sobre os fatores determinantes considerados para crianças aqui

Como inicialmente estas alterações podem não ser fáceis de habituar, a equipa do YouTube vai ajudar os criadores de conteúdos ao longo desta fase de transição. Pode saber mais sobre o abrigo da Lei de Proteção à Privacidade da Criança na Internet (COPPA) e as ferramentas que estão a ser criadas para lhe prestar apoio aqui.

Deixe um comentário

Vamos conversar
1
Fale connosco
Olá 👋
Como podemos ajudar?