fbpx

Slow Content será moda? Ou veio para ficar?

Já ouviu falar de Slow Content? Não faz mal, agora vai poder conhecer este conceito e como pode ser uma contra-corrente relevante para a sua estratégia de marketing de conteúdos.

Com a crescente utilização das plataformas digitais, a competitividade na internet aumentou, e as empresas e os influenciadores passaram a adotar estratégias mais agressivas, para alcançar os seus públicos, como a de produção excessiva de conteúdo cada vez mais superficial e de qualidade questionável.

Para combater esta situação, surgiu o conceito de slow content, uma nova abordagem ao Marketing De Conteúdo, que na maior parte das vezes é muito focado no método e nos números. Este conceito, privilegia a qualidade, a profundidade e identidade dos conteúdos, ou seja, no processo de produção de conteúdos a qualidade tem de ser superior à quantidade.

Mas cada caso é um caso, se o trabalho que tem vindo a desenvolver no Marketing de Conteúdo está a resultar, não precisa de introduzir o slow content na sua estratégia, este apenas serve de pequena nota para que se lembre que a qualidade deve ser priorizada!

O uso do slow content na sua estratégia, não quer dizer que deixe de produzir conteúdo mais simples e rápido. Mas sim, que é preciso encontrar um equilíbrio entre investir tempo, recursos e esforços em conteúdos rápidos e momentâneos e/ou em conteúdos de teor estratégicos. É possível produzir os dois tipos de conteúdos, desde que estes tenham qualidade, relevância e gerem um valor de verdade.

A partir do momento que a produção afetar de uma forma negativa a essência e a qualidade do seu conteúdo, pode e deve de aplicar este método à sua estratégia.

Como implementar uma metodologia de Slow Content?

Para iniciar a implementação desta metodologia, é necessário realizar uma pesquisa para entender o ritmo de consumo de informação do seu público, e a partir daí organizar e desenvolver tópicos relevantes, para que a sua informação se destaque e a sua audiência não se sinta saturada. Quando aplicado o slow content à sua estratégia de comunicação, estes serão alguns dos seus resultados:

  1. Economizar tempo e recursos
    A criação de conteúdo requer tempo, inspiração e criatividade. Quando o ritmo de produção é muito acelerado, o conteúdo muitas das vezes não é tão elaborado, e como consequência não obterá os resultados que deseja, portanto irá a gastar tempo desnecessariamente. Por vezes, é necessário que o processo de criação seja mais longo e demorado, ou seja, é necessário investir o seu tempo, para que os seus resultados sejam melhores e preencham corretamente as necessidades informativas do seu público.
  2. Crescente respeito pela marca
    O respeito e autoridade da sua marca é construída através de certas estratégias que mostram ao seu público o valor que tem no seu sector de atividade do seu negócio. O slow content permite a criação de conteúdo rico, verdadeiro e relevante, que transmite um sentimento de confiança aos seus clientes.
  3. Maior engagement da sua audiência
    Apesar da quantidade de conteúdos ser mais reduzida com este método, as partilhas feitas têm mais qualidade, são mais apelativas e interativas. É através da interação, por parte dos seus clientes, que o algoritmo determina se determinado conteúdo é relevante ou não, e faz com que a informação partilhada chegue a mais pessoas.

Deixe um comentário

Vamos conversar
1
Fale connosco
Olá 👋
Como podemos ajudar?