fbpx

O que é Brand safety?

O conceito de brand safety remete para o conjunto de medidas que visam proteger uma marca de possíveis inferências negativas resultantes de acções online, como a publicidade ou a divulgação de conteúdos.  

Nunca antes a segurança online de uma marca foi uma questão tão importante. A transição que vinha a ser feita em crescendo pelas marcas para os serviços digitais foi certamente acelerada pela pandemia e as restrições por esta impostas.  

É verdade que a digitalização oferece múltiplas vantagens, tanto ao consumidor como à forma de gestão de uma empresa. O processo de compra é facilitado, a relação com os clientes estreita-se, a promoção da marca torna-se mais eficaz, uma vez que se dirige com maior precisão ao público-alvo.  

Contudo, nem tudo são benefícios. O meio digital abre espaço, da mesma forma, a outros riscos dos quais é necessário estar consciente para que se evitem quaisquer efeitos negativos respeitantes à reputação de uma marca. De seguida, apresentar-lhe-emos algumas dicas sobre como pode, ao investir em brand safety, amenizar estas possibilidades. 

Sobre campanhas de publicidade… 

Hoje em dia, uma campanha de publicidade busca, essencialmente, visibilidade que contribua, a longo prazo, para a construção de uma boa reputação. Ter em conta as medidas visadas pela prática de brand safety significa, neste contexto, a certeza de que os anúncios da sua marca vão ser apenas divulgados por plataformas legítimas e credíveis. Ter o seu anúncio a correr num site duvidoso transferirá certamente essa reputação para o seu negócio.  

Por isso é importante que tenha atenção às suas campanhas online com base em Google Ads e redes de parceiros de plataformas como o Facebook, devendo fazer uma seleção clara de que sites poderão ser alvo da sua campanha e acompanhar diariamente onde estão a ser posicionados os seus anúncios. 

É importante ainda ter em conta a sincronia de valores entre a plataforma que está a alojar a sua publicidade e a sua marca. Não basta tratar-se de um endereço legal e credível – tenha em atenção as mensagens por ele veiculadas e certifique-se de que vão ao encontro do seu propósito. Além de ético e moralmente aceitável, importa também que exista coincidência de público-alvo, para que se garantam melhores resultados. 

Uma boa forma de evitar que o “seu” nome apareça associado a sites questionáveis pode passar, por exemplo, pela criação de uma lista negra, regularmente actualizada, na qual mantenha um registo do conjunto de endereços que pretende evitar.  

Planeamento! 

O planeamento é, como sabemos, a regra-chave para quase tudo no mundo da comunicação. Brand safety não é excepção. Para garantir a segurança da sua empresa, tem necessariamente de definir quais os critérios que podem eventualmente configurar-se enquanto riscos. A visão externa que uma agência de comunicação oferece pode ser uma ajuda preciosa neste campo.  

Tenha presentes as características que definem o seu público-alvo e onde este se localiza. Cruze estes dados com os valores que definem a sua marca e os objectivos que a movem. Contextualize, por fim, a campanha publicitária que pretende lançar, considerando todos estes aspectos como cruciais para a definição de quando e onde fazê-lo.  

Deixe um comentário