fbpx

Como escrever um artigo de opinião?

Artigos de opinião, como evidencia a própria designação, expressam uma tomada de posição em relação a um determinado assunto, geralmente ligado à actualidade. Espera-se, naturalmente, um texto do tipo argumentativo, sustentado factualmente e apresentado de forma apelativa e acessível à maioria dos seus possíveis leitores.  

Embora não seja aconselhável mencionar a sua empresa quando escreve este tipo de artigos – para não enviesar o seu propósito inicial –, a verdade é que a sua publicação pode ajudar à valorização da sua marca, na medida em que estará a expor os seus conhecimentos, o que, idealmente, fará de si, representante de determinada empresa, um nome de referência cuja credibilidade é creditada pela opinião pública, que aqui assume o sentido de um conjunto de leitores que poderão vir a tornar-se seus clientes.  

Como podemos então transformar este cenário em realidade? 

Primeiro, há que, evidentemente, escolher um tema. Este estará, idealmente, relacionado com a área em que atua profissionalmente e pela qual nutre particular interesse. Partilhe, no seu âmbito, boas práticas de negócio, pontos de vista e análises relevantes, sem nunca, contudo, expressar qualquer cariz comercial. A associação entre a sua opinião e as dinâmicas da sua empresa terá de ser feita autonomamente pelo leitor que, valorizando o seu artigo, irá, por sua vez, valorizar a sua empresa. Ao definir o tema sobre qual incidirá a sua tese, tenha em mente ainda as tendências que marcam a actualidade e os interesses do seu público-alvo. Por outro lado, escolha um tema que justifique o debate. A constatação do óbvio não tem interesse.  

Assim que tenha um tema definido, procure estruturar o seu artigo de opinião de forma apelativa tanto ao leitor, como ao próprio jornalista, encarregue da sua possível publicação. Para isso, é importante que o texto se organize de modo a conter o seu ponto de vista, enriquecido por factos e dados reais que o sustentem, e apresentado de forma curta, concisa e perceptível. Como sabe, um artigo de opinião divide-se em 3 partes:

  • a introdução, na qual expõe tese fulcral do seu texto;
  • o desenvolvimento – aqui entra o apoio factual e é nesta parte que se espera que apresente os argumentos que explicam a sua opinião; 
  • e, por fim, a conclusão, na qual reforçará a sua afirmação inicial ao sintetizar o seu conjunto argumentativo.  

Por fim, estando escrito o artigo, remate com um título que se adeque ao tema tratado e que seja apelativo e tente o leitor.  

Talvez pareçam, à partida, duas dinâmicas bastante distintas – a do seu negócio e a dos meios de comunicação – lembre-se, porém, que, hoje em dia, com a crescente oferta de marcas e produtos, também o próprio consumidor se torna mais e mais exigente. A construção de uma relação de confiança entre empresa e público-alvo é um dos mais importantes alicerces do sucesso. Ao configurar-se enquanto figura cuja opinião é valorizada, conferirá, simultaneamente, maior valor à sua marca – aqui reside a importância que estes artigos poderão vir a ter.  

Os artigos de opinião fazem parte de uma estratégia de Liderança de Opinião (Thought Leadership), que se enquadra em diversas aplicações do modelo PESO, podendo ser usados exclusivamente para divulgação em orgãos de comunicação social (Earned Media), e reforçado com a sua publicação a posteriori nos canais de comunicação da empresa (Owned Media) e partilhado nas redes sociais (Shared Media).

Deixe um comentário